O pedido de desculpas de McAvoy e a imprensa brasileira

Estava vendo algumas críticas para a imprensa brasileira que está cobrindo o dia a dia da Operação Lava jato e suas fases e lembrei de um pedido de desculpas do fictício âncora do seriado The Newsroom. No terceiro Episódio da primeira temporada da série da HBO, Will McAvoy, interpretado por Jeff Daniels, pede desculpas por fazer um jornal mais focado em atingir as massas do que educá-la politicamente.

Ler mais

“Só os loucos sabem…” – Morre Chorão, aos 42 anos

Foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira o cantor, compositor e líder da banda de rock Charlie Brown Jr, Chorão.

Alexandre Magno Abrão tinha 42 anos e sofria de depressão, segundo pessoas próximas ao cantor. Sua prima, a apresentadora Sônia Abrão, declarou que ele reclamava de solidão. O cantor estava separado faz cerca de seis meses da estilista Graziela Gonçalves. A causa da morte ainda não foi revelada, suspeita-se de overdose.

Dez anos sem Cássia Eller

Cássia Eller era a dona de uma das mais potentes vozes da música brasileira. Cantava de Nirvana a Noite Ilustrada, passando por Beatles, Chico Buarque, Cazuza, Ataulfo Alves, Lobão, Nando Reis, Alcione, Renato Russo, Edith Piaf… A base musical de Cássia era vasta. Na adolescência chegou a participar de coral, além de atuar em uma banda de forró e em um trio elétrico.

Gonzaguinha: muito além de “O que é o que é?”

Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha, morreu em 1991 em um acidente de carro no interior do Paraná aos 46 anos. Começou sua carreira em 1971, mas lançou seu primeiro disco em 1973 com seu nome – Luiz Gonzaga Júnior. Deste disco temos Comportamento Geral, Moleque, Palavras entre outras. No segundo disco de 1974 Gonzaguinha canta Amanha ou Depois e Galope, além de mais oito faixas. Em 1975 lança Plano de Voo, entre as músicas apresentadas estão Tá Certo, Doutor; Gás Neon e Geraldinos e arquibaldos.