“Tudo no mundo é frágil, tudo passa” – Fagner e Zé Ramalho Ao Vivo

Foto: Divulgação

Em 2014 dois grandes nomes da música brasileira lançaram um álbum ao vivo que é repleto de belas e importantes canções. A união de Raimundo Fagner e Zé Ramalho é espetacular. O DVD do show está disponível no YouTube.

Vou falar do disco, aviso pois existem diferenças pequenas no tracklist do DVD. É difícil destacar uma faixa desse álbum. A versão de Jura Secreta seguida de Revelação é uma coisa maravilhosa. A letra das duas canções é espetacular. “Quando a gente tenta/ De toda maneira/ Dele se guardar/ Sentimento ilhado/ Morto, amordaçado/ Volta a incomodar”.

A música a seguir é feita com base em um poema de Florbela Espanca, poetisa portuguesa que nasceu em 1894 e faleceu em 1930. Fagner fez uma canção incrível com base no poema. Garoto de Aluguel (Taxi Boy) surge logo após Fanatismo. Gravada originalmente em 1979, Garoto de Aluguel está no mesmo álbum da clássica Admirável Gado Novo. Aliás, Admirável é quem fecha o disco.

Eu já te falei de tudo, mas tudo isso é pouco
Diante do que sinto”

Fanatismo (Sobre poema de Florbela Espanca) – Fagner
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mucuripe, parceria do Belchior com o Fagner está no disco. Outra gravada originalmente pelo Fagner que está no disco é Noturno (Coração Alado). Destaco o trecho: “Hoje só acredito/ No pulsar das minhas veias/ E aquela luz que havia/ Em cada ponto de partida/ Há muito me deixou/ Há muito me deixou…”. Que coisa linda!

Canção da Floresta é a música inédita lançada neste álbum. Ela é composta pelo pernambucano Sebastião Dias. A importância dessa canção em um ano marcado pelas grandes queimadas na Amazônia e no Pantanal é imensa. Romance no Deserto é uma versão de Fausto Nilo e Jacques Levy para Romance in Durango, do Bob Dylan. A música foi gravada pelo Fagner, mas vale lembrar que o Zé Ramalho já gravou um disco em homenagem ao cantor norte-americano.

Não chore não, querida
Esse deserdo finda
Tudo aconteceu e eu nem me lembro
Me abraça, minha vida
Me leva em teu cavalo
E logo no paraíso estaremos.”

Romance no Deserto (Romance in Durango) – Bob Dylan. Versão de Fausto Nilo e Jacques Levy

O primeiro trecho do disco/ DVD é acústico, apenas com Fagner e Zé Ramalho no palco. Na segunda parte é que a banda aparece. É um belo espetáculo. Assistam.